terça-feira, 20 de maio de 2008

Continuação do ASSUNTO.

Alunos, leiam esse "trecho" de uma entrevista realizada pela Revista Mundo Jovem.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mundo Jovem: Olhando para o mundo, que temas filosóficos, éticos, são mais urgentes para a juventude se preocupar?

Thomas: Acho que a questão, por exemplo, da violência é um tema forte.

Na última década a violência aumentou bastante no Brasil. Na Europa estou percebendo que ela também está aumentando. São formas diferentes, mas nós temos muitos jovens extremamente violentos. De repente, uma gangue de jovens tem uma vontade de torturar alguém... Da forma que eu vejo as coisas, penso que isto tem alguma coisa a ver com a educação das emoções. Os jovens têm cada vez menos empatia com outras pessoas, não exercitam se pôr na pele de outra pessoa, comunicar-se emocionalmente. Isso, aliás, é um tema que a filosofia negligenciou durante décadas. Hoje está se descobrindo novamente.

Eu acho que nas escolas o cuidado com as emoções, com a reflexão sobre as emoções, falar sobre elas, falar sobre as conseqüências de determinadas condutas para outras pessoas, isso tem que ser bastante promovido e me parece ser uma medida urgente para diminuir a violência.

Um outro assunto bem diferente é a miséria; as questões ecológicas, o que causa o efeito estufa, do clima que hoje em dia ninguém ousa negar que ocorre uma mudança climática dramática. Inclusive aqui, no Brasil, alternativas que tornam o país cada vez mais independente do petróleo, são muito importantes.

Em meu país, o uso de bicicletas desempenha um grande papel. Também na China, a bicicleta tem essa função de meio de transporte que preserva a natureza. Vale a pena incentivar todas as tecnologias que economizam energia.

A humanidade precisa economizar mais os recursos, pois daqui a 30, 40 anos, o planeta terá nove bilhões de seres humanos e a escassez será muito mais avançada, então é preciso se preparar para isso, vivendo com um consumo menor.

Um comentário:

' disse...

cadê a nota da 803?